Como participar de um leilão da Receita Federal

Leilão da Receita Federal, o que é, como participar, como comprar, como pagar e como receber a mercadoria. Tudo isso você vai aprender nesse artigo. Fique ligado.

Quer ganhar dinheiro comprando produtos diversos no leilão da Receita Federal? Então aprenda como você pode participar dos leilões.

A Receita Federal é um órgão nacional e atuante em todo o território brasileiro e é responsável por fiscalizar os bens que entram e saem do país. Muitos desses bens são apreendidos por irregularidades e fica preso à espera que seus proprietários venham regularizar tais mercadorias.

Quando isso não acontece, depois de 90 dias, esses produtos podem ir a leilão. Qualquer pessoa pode acompanhar os leilões da Receita Federal por meio presencial ou eletrônico (internet).

O QUE COMPRAR NO LEILão DA RECEITA FEDERAL

Muita coisa pode ser comprada em um Leilão da Receita Federal como, utensílios domésticos, relógios de pulso, notebooks, motos, carros, roupas em geral, malas, pranchas de surf, boias, piscinas infláveis, vídeo games, enfim, todo tipo de produto pode ser encontrados nos lotes dos leilões da Receita Federal.

EMPATEI NO MEU LANCE, COMO FICA

Caso haja empate nos lances do leilão da Receita Federal o desempate acontece em forma de sorteio. Sendo assim apenas uma pessoa é campeã nos lances.

Os bens arrematados por pessoa física somente poderá ser usado para consumo próprio, se o comprador tiver interesse de vender ou industrializar os produtos adquiridos no leilão, é necessário realizar o arremate como pessoa jurídica, usando o CNPJ da empresa.

CADA LEILÃO TEM SEU PRÓPRIO EDITAL

O edital dos leilões é como uma cartilha que ensina como você consegue comprar. No edital existem todas as regras dos lotes ofertados. Uma dica importante é sempre ler o edital para saber de informações mais detalhadas como, por exemplo, se permite a participação de pessoa física ou não. Em alguns leilões podem participar apenas pessoas físicas, outros apenas pessoas jurídicas, já outros podem participar pessoas físicas e jurídicas, enfim, cada edital tem suas particularidades.

Se a mercadoria adquirida for um veículo, é importante ressaltar que esse veículo chega ao comprador sem nenhuma dívida anterior como: multas, débitos fiscais, encargos e outras restrições financeiras e administrativas anteriores a data do arremate, porém alguns serviços serão por conta do comprador, bem como: primeiro emplacamento, emplacamento de veículos de coleção, transferência, entre outros procedimentos necessários para fins de adequação do veículo.

Também fica por conta do arrematante, ou seja, o comprador do veículo, buscar por meios necessários para que sejam expedidos por órgãos responsáveis como Detran e Secretaria da Fazenda, novos certificados de registros e licenciamentos dos veículos arrematados, a Receita Federal não realiza esse trabalho.

QUEM PODE PARTICIPAR DOS LEILÕES

Somente poderão apresentar lances nos leilões da Receita Federal, Pessoa Física maior de 18 anos ou emancipado, inscrito no Cadastro de Pessoa Física – CPF e Pessoa Jurídica inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ.

A participação de Leilão Eletrônico só poderá ser realizada por pessoas físicas e Jurídicas que possui um Certificado Digital, pelo acesso ao e-CAD – Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte.

COMO PAGAR MEU PRODUTO ARREMATADO

A forma de pagamento normalmente acontece à vista e no primeiro dia útil subsequente, através do DARF – Documento de Arrecadação Federal.

O comprador poderá, se preferir, pagar 20% do valor da compra no primeiro dia útil subsequente ao término do leilão e os 80% restantes após 8 dias corridos.

Atraso nesses pagamentos implicará em multas, assim como também o não pagamento dos valores combinados também terá multa de 20% do valor do arremate.

QUANDO RECEBO MEU PRODUTO

A entrega das mercadorias adquiridas em leilões da receita Federal acontecerá após a confirmação do pagamento do DARF, juntamente com a entrega de cópias autenticadas de documentos, conforme edital de cada leilão.

Os compradores terão até 30 dias para a retirada dos produtos, sendo assim se a mercadoria for produtos com risco de perecimento ou datas de vencimentos, o comprador fica responsável por esses produtos a partir da data do arremate.

Passando os 30 dias que a Receita Federal autoriza para os compradores retirarem seus produtos arrematados, se os mesmo não for buscar, esses produtos serão considerados abandonados, a partir dai serão cobradas taxas diárias de armazenagem do local.

Viu como é fácil comprar produtos em leilões na Receita Federal? Então não espere mais e aproveite as oportunidades que são muitas.

Como participar de um leilão da Receita Federal
3.75 (75%) 8 votes
24 comentários

Deixe uma resposta