Como trabalhar com compra e venda de bens em leilão e sair da crise

Como trabalhar com compra e venda de bens em leilão e sair da crise? Nesse artigo vamos te contar isso e muito mais. Se está precisando encontrar uma maneira de empreender em meio a crise, você está no lugar certo.

Um leilão pode ser uma ótima oportunidade de negócios na crise que o Brasil atravessa. Você pode adquirir produtos de qualidade por um preço muito abaixo do mercado, revender e começar assim um negócio próprio que vai te ajudar a empreender em meio a crise instalada no país.


O que é um leilão?

Antes de entender como trabalhar com leilão, você precisa entender o funcionamento de um. Segundo a Wikipédia, leilão é uma modalidade de negociação, muito difundida em órgãos públicos e empresas privadas, do qual administradores e servidores necessitam solucionar de maneira simples e rápida a compra ou venda de bens.

No caso de leilões públicos de venda, o leiloeiro irá ler as condições de venda descritas no catálogo, as quais deverão ser acompanhadas por todos os compradores. O leiloeiro é um agente público, pertencente à categoria ficação doutrinária do Direito Administrativo Brasileiro.

Em seguida os lotes em leilão serão anunciados um a um. Assim que o lote de interesse da pessoa for anunciado, ela deverá levantar a mão para dar um lance (se necessário falando ao leiloeiro o valor do seu lance).

Lote é um conjunto formado de um ou mais bens que serão leiloados. No caso de leilão de veículos, um lote pode ser formado por apenas um automóvel, enquanto em um leilão de materiais um lote pode ser constituído por um conjunto de motores e peças diversas.

Caso existam mais pessoas interessadas no mesmo lote inicia-se uma disputa para decidir quem dará o maior lance começando com o lance minimo. É basicamente uma disputa de “quem dá mais”.

Lance mínimo é o menor preço para que um determinado lote seja vendido, se o lance mínimo não for atingido será aceito um lance condicional, “lance condicional” é o termo utilizado quando o maior lance ofertado por um bem leiloado não atinge o valor mínimo de venda exigido por seu vendedor (arrematante).

Como trabalhar com compra e venda de bens em leilão e sair da crise?

Agora que já entendeu o básico do funcionamento de um leilão, chegou a hora de entender como trabalhar com compra e venda de bens em leilão. Basta você entender agora que os leilões mais divulgados no Brasil são de carros, motos e imóveis, mas não são os únicos. Para criar um negócio estável baseado nesses tipos de leilão, você terá que ter um bom capital para iniciar, já que os bens são adquiridos a um preço abaixo do mercado, mas mesmo assim são bens de alto custo para quem está começando.

O que indico é que você comece com bens de um custo bem mais baixo. Existem leilões de celular, computador, objetos antigos (o mercado retrô é muito forte), de bens apreendidos pela Receita Federal, Polícia Federal e muito mais.

Com esses produtos de baixo custo, é possível começar mesmo com um capital muito pequeno e ir aumentando de acordo com o sucesso no negócio.

Agora não tem mais desculpas de não saber como trabalhar com compra e venda de bens em leilão. Agora é colocar a mão na massa!

Como trabalhar com compra e venda de bens em leilão e sair da crise
5 (100%) 4 votes

2 thoughts on “Como trabalhar com compra e venda de bens em leilão e sair da crise”

Deixe uma resposta